28
Fev 14

 

Mais um mês que passou com tantas aventuras.

Resumindo, tive uma inseminação marcada no HSM, que foi desmarcada 3 dias antes porque, segundo a médica tinha 5 possíveis óvulos fecundáveis o que daria uma gravidez múltipla de 5 babes e por si só muito perigosa. A médica fez-me prometer que não iria fazer nada mesmo nada.

Após a desilusão do prognóstico e da revolta de ter que aguentar mais um mês sem tratamento, já em casa decidi ligar à médica que tinha consultado numa clínica privada de Lisboa. Assim, no dia seguinte foi ao consultório realizar uma ecografia, onde a médica referiu ter visto apenas 3 possíveis óvulos. Assim, ficou à minha disposição se queria fazer a inseminação no dia seguinte. E assim foi. Na manhã seguinte o meu rapaz teve que lá ir e ao fim da tarde fiz a IA.

O grau de simplicidade do procedimento espantou-me, tal como a inoperância dos hospitais públicos portugueses em que, segundo eles, não dispõem dos meios humanos necessários para realizar tal procedimento com a brevidade que o mesmo permite. Sinceramente falando, acho que até o meu médico de família o poderia realizar, mas enfim. Após 500€ já se passaram 2 semanas, já realizei o teste que deu negativo, apesar da médica apenas ter dito para o efetuar ao fim de 3 semanas. Não esperei mais, tendo todos os sintomas de que o período está a chegar, achei melhor mentalizar-me de que ainda não foi desta. Resta-me esperar que o "nosso amigo" finalmente apareça para iniciar todo o procedimento novamente.

Assim, se desespera em Portugal.

publicado por resgates dificeis às 10:30

Fevereiro 2014
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
12
13
14
15

16
17
18
19
20
21
22

23
24
25
26
27


mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO